Monitoramento Quali-Quantitativo

Macroprograma Monitoramento Quali-quantitativo

A bacia hidrográfica da Baía de Guanabara está inserida na segunda maior metrópole do país, apresentando um histórico de ocupação desordenada e ineficiência no acesso à universalização dos serviços de saneamento, notadamente o esgotamento sanitário, ocasionando a degradação da qualidade e quantidade da água. No entanto, os recursos hídricos não vêm sendo monitorados de forma satisfatória, haja vista as lacunas existentes no monitoramento realizado pelos órgãos públicos responsáveis.

Nesse sentido, o CBH Baía de Guanabara aprovou o monitoramento quali-quantitativo da água da Região Hidrográfica V, ação fundamental no sentido de complementar a rede de monitoramento existente e de subsidiar as tomadas de decisões necessárias para a melhoria das condições dos corpos hídricos, em quantidade e qualidade.

Com um investimento de R$ 2.293.350,00, ao todo são 93 pontos de coleta amostrados mensalmente ao longo de 2 anos e meio (30 meses), compreendendo 13 parâmetros de qualidade, 10 dos quais definidos para determinação do índice de qualidade da água (IQA), além de medição de vazão em 50 pontos.

Os respectivos resultados podem ser acessados abaixo:

Relatórios parciais

Campanha 1 – Outubro/2021

Campanha 2 – Novembro/2021

Campanha 3 – Dezembro/2021

Campanha 4 – Janeiro/2022

Campanha 5 – Fevereiro/2022

Campanha 6 – Março/2022

Campanha 7 – Abril/2022

Campanha 8 – Maio/2022

Campanha 9 – Junho/20222

Campanha 10 – Julho/2022

Campanha 11 – Agosto/2022

Campanha 12 – Setembro/2022