LAB Viva Água abre inscrições em busca de sanar problemas da região hidrográfica da Baía de Guanabara

11 de Fevereiro, 2022


Com foco em restauração ecológica, resiliência hídrica e adaptação às mudanças climáticas na Região Hidrográfica V – Baía de Guanabara (que compreende 17 municípios do Rio) foram abertas as inscrições para o LAB Viva Água. A iniciativa recebe inscrições até o dia 3 de março e destinará R$ 1 milhão em apoio financeiro para as melhores propostas.
A Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza, responsável pelo LAB Viva Água, busca envolver participantes de todo o Brasil, sejam eles: pesquisadores, engenheiros, urbanistas, ambientalistas, acadêmicos ou qualquer pessoa que queira contribuir com ideias para restaurar e proteger a Região Hidrográfica V – Baía de Guanabara.  

DESAFIOS
O LAB Viva Água contempla dois desafios: desenvolver mecanismos e soluções financeiras que promovam a restauração ecológica e utilizar as cadeias produtivas sustentáveis para impulsionar a restauração ecológica.
Todo o processo será 100% on-line, projetado para a cocriação de soluções práticas e multidisciplinares, sempre com foco no desenvolvimento social e econômico da região.

Atualmente, a região hidrográfica da Baía de Guanabara conta com 172 mil hectares de cobertura florestal e 154 mil hectares de campos e pastagens, sendo uma importante fonte de serviços socioambientais para o Rio de Janeiro. O objetivo do LAB Viva Água é cocriar projetos para qualquer área que precise de recuperação ambiental, inclusive nos 112 mil hectares de ocupação urbana.

SERVIÇO
LAB Viva Água: soluções para a restauração da região hidrográfica da Baía de Guanabara.

Inscrições de participantes: até 03/03/2022.Inscrições de soluções prontas ou em desenvolvimento: 16/03 a 11/04/2022.

Para outras informações acesse: https://lab.teiadesolucoes.com.br/saiba-mais.html