18 DE JANEIRO: DIA ESTADUAL DA BAÍA DE GUANABARA

20 de Janeiro, 2021


A Baía de Guanabara é o eixo integrador e o coração da Região Hidrográfica V, área de atuação do Comitê de Bacia da Região Hidrográfica da Baía de Guanabara e Sistemas Lagunares de Jacarepaguá e Maricá (CBH-BG). 

O dia 18 de janeiro foi instituído pela Lei nº 3616, de 19 de julho de 2001 como Dia Estadual da Baía de Guanabara. Na ocasião aconteceu um dos acidentes mais marcantes e impactantes para a saúde ambiental da Baía de Guanabara, o vazamento de óleo que acarretou em uma grande mancha de óleo em seu espelho d’água. O triste episódio, que se soma a outros igualmente traumáticos, ficou na memória e mostrou aos fluminenses como essa Baía é resiliente e resiste aos impactos das atividades antrópicas no seu entorno. Apesar de receber continuamente esgoto sem tratamento, ter a cobertura vegetal do seu entorno reduzida drasticamente ao longo dos anos, ser área de fundeio de grandes embarcações, ter perdido áreas de manguezal, receber sedimentos que causam o seu assoreamento, sofrer com a poluição industrial, receber o chorume dos vazadouros de lixo e ser o destino dos resíduos sólidos com disposição inadequada, a Baía de Guanabara ainda vive e é berço de muitas espécies. Mas ser resiliente e resistir não é suficiente. É urgente e necessário que as pressões socioambientais diminuam e que o desenvolvimento socioeconômico seja compatível com um meio ambiente equilibrado para que a Baía de Guanabara continue sendo o portão de entrada e o cartão postal do Estado do Rio de Janeiro.

Nesse dia tão importante para a sensibilização e mobilização, o CBH-BG vem reiterar a importância da preservação dos recursos hídricos e lembrar a todos que a situação atual da Baía de Guanabara é também um reflexo do que acontece no território do seu entorno. A poluição dos nossos rios, lagoas e baías fala muito do que nós somos como sociedade e das decisões que tomamos no passado. É importante que todos façam sua parte para reverter o quadro de degradação dos nossos recursos hídricos e da Baía de Guanabara.